Ganho de massa muscular

É muito comum pessoas com baixo peso e pouca massa muscular, homens e mulheres, se sentirem insatisfeitas esteticamente e embora se esforcem para ganhar peso e musculatura tenham dificuldades para obterem bons resultados. E querem mudar esta situação não só por questão de estética como também de saúde e bem estar.

Aumentar de peso ganhando massa muscular envolve uma avaliação médica criteriosa, uma dieta especifica para tal e o uso de suplementação antioxidante e nutrientes metabólicos que otimizem este processo, sem trazer qualquer dano ou prejuízo para a saúde.

Na avaliação médica são importantes exames gerais e também hormonais. Ver deficiências nutricionais que possam existir, hábitos alimentares errados ou nocivos, sedentarismo ou atividade física inadequada para o caso. Tudo isto de acordo com o sexo, idade e características individuais para só então estabelecer as mudanças mais adequadas a programar. Como exemplo, é diferente o tratamento para quem quer muscular e tem gorduras na composição corporal, de quem tem baixo peso, nenhuma gordura e pouca musculatura.

Aquela pessoa que tem gorduras acumuladas e quer muscular, tem que ter aumento da ingestão de proteinas, controlar os carboidratos de alto índiçe glicêmico e ter atividade fisica individualmente distribuida entre anaeróbica e aeróbica caso a caso. Já aquela outra que não tem nenhuma gordura corporal, baixo peso e pouca massa muscular, tem que ter aumento na ingestão de proteinas e tambem fazer uso com orientação médica de carboidratos (alimentos e suplementos) que fornecerão a energia necessária para converter as proteinas em musculos e ter predominantemente atividade fisica anaeróbica.

A dieta deve ser balanceada, com especial atenção, claro, para o aumento do consumo de proteínas,  e desta dieta também fazendo parte todos os grupos alimentares. Em um individuo normal o consumo de proteína deve ser em torno de um grama por kilo de peso para que possa manter sua massa muscular ja existente, e as suas funções metabólicas e hormonais adequadas.

Posso  assegurar que manter este nível em uma dieta descompromissada pode parecer fácil mas não é sem ter ajuda profissional. Quem quer ganhar peso (massa muscular) ou um atleta, deve ter uma maior ingestão de proteína em torno de 1,5 até 1,8 gramas por kilo de peso e balancear com uma série de outros nutrientes para obter resultados.  Uma pessoa de 70 kg, comendo 2 bifes de 100 gramas por dia estaria repondo no máximo em torno de 60/70 gramas de proteínas. Claro que tem outros alimentos que também contém proteínas. É aí onde entra uma organização alimentar adequada, saudável, e dependendo do caso e da finalidade, um programa nutricional mais elaborado e com a contribuição dos suplementos e outros nutrientes.

A indicação de suplementos deve ser acompanhada pelo médico para que seja feita de maneira segura e adequada para cada caso, sexo, idade e finalidade.Tal suplementação só reverterá em benefícios e resultados, se vier organizada e acompanhada de um programa de alimentação e atividade física específico.Temos atualmente uma gama enorme de suplementos que podem e devem ser utilizados após avaliação, sem efeitos adversos e muito pelo contrário, com resultados efetivos e benefícios adicionais.

Agende sua Consulta